CONTRATUH cobra explicações de OAB-MT e Pantanal Shopping por exposição depreciativa de crianças para adoção

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (CONTRATUH) repudia a exposição de crianças feita pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso, e pelo Pantanal Shopping, de Cuiabá (MT), no evento “Adoção na Passarela”, ocorrido na última terça-feira (21), nas dependências do citado centro comercial.

Como entidade sindical que atende mais de quatro milhões de trabalhadores em todo o Brasil e combatente ferrenha da exploração infantil, é com muita perplexidade que esta confederação recebe a notícia de crianças desfilando em passarelas, objetificadas em uma vitrine, numa tentativa infeliz de promover a importante prática da adoção.
Importante salientar que a CONTRATUH se preocupa com a questão psicológica de crianças expostas ao público, com organizadores passando a ideia equivocada de que aparência é uma premissa fundamental para que sejam escolhidas por novas famílias, deturpando a ideia fraternal que deve ser o foco de qualquer processo adotivo.
A CONTRATUH não pode aceitar que entidades de classe ou de representação institucional fomentem práticas que claramente exploram crianças e adolescentes de nosso país. Neste sentido, a entidade exige retratação destes órgão e providências para reverter este quadro de exposição depreciativa, e que se apresente de fato uma prática ou projeto que efetivamente auxilie na melhoria do processo de adoções do país, que são altamente burocráticos e tendem a dificultar a real interação com possíveis famílias que pensam em dar um novo lar para nossas crianças e adolescentes.
Atenciosamente,
Wilson Pereira – Presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (CONTRATUH)
*Imagem divulgação