Espaço Mulher CONTRATUH reune mulheres sindicalistas de todo o Brasil para discutir as dificuldades do gênero feminino na pandemia

Compartilhe:

Mais de 48 mulheres sindicalistas inscritas de 28 entidades filiadas à CONTRATUH. Esse foi o primeiro Espaço Mulher CONTRATUH, um evento totalmente online e pioneiro, que ocorreu na tarde desta terça-feira (04), visando discutir as dificuldades pessoais e profissionais enfrentadas pelas mulheres durante o isolamento social.

Desenvolvido exclusivamente pela equipe interna da CONTRATUH, o evento foi idealizado pela Diretora da Mulher, Maria dos Anjos Hellmeister, e abraçado pelo presidente da entidade, Wilson Pereira. As diretoras da Juventude, Jéssica Marques, e de Assuntos Previdenciários, Vera Leda, conduziram o Espaço Mulher, dando a palavra para cada participante das mais variadas regiões brasileiras.

A União Internacional dos Trabalhadores na Alimentação também participou do evento, representada pela Assessora do Comitê Latino Americano de Mulheres, Jaqueline Leite.

O presidente da CONTRATUH reforçou o sucesso do evento e elogiou a equipe e as participantes. “É uma grande responsabilidade levar o nome da CONTRATUH. E sempre fomos abertos, incentivamos o debate e a igualdade e sentimos que precisávamos dialogar a situação da mulher durante essa pandemia. Foi assim que surgiu esse belo evento. Nossa equipe fez um ótimo trabalho e a repercussão foi extremamente positiva, com a participação massiva das nossas filiadas. Com certeza se faz necessário termos mais eventos como esse”, disse Wilson Pereira.

“A ideia é trazer a realidade de cada mulher da nossa categoria, as dificuldades e barreiras que temos que enfrentar no dia a dia. Percebemos a animação de todas, a vontade de dividir suas visões e anseios e também dividir essas dificuldades com as nossas companheiras, acreditando que somente unidas, somente juntas somos fortes”, explicou a diretora Maria dos Anjos, que enalteceu ainda a importância do resultado pós evento. “Vamos produzir um documento para as autoridades competentes, com cada ideia e experiência dividida, para que possamos fortalecer a luta de nós mulheres por igualdade”.

Entre os temas debatidos, o que mais se destacou foi a dificuldade do novo formato de trabalho que acomete a maioria das mulheres brasileiras. Responsabilidades de casa e profissionais acumularam e, consequentemente, as sobrecarregaram ainda mais. “Conseguimos extrair das mulheres que participaram os anseios e preocupações, promovendo a formação e a informação, para melhorar a qualidade de vida e estar presente na vida dessas trabalhadoras. Tivemos muitos depoimentos pessoais e de trabalho importantes, como o fortalecimento do vínculo familiar, mas também de cuidar de si para poder desenvolver o seu trabalho de base. Fiquei muito feliz em rever todas as companheiras e saber que estamos juntas, ainda que eletronicamente. É um evento que veio pra ficar”, analisou a diretora Jéssica Marques.
Em sua fala, a diretora Vera Leda reforçou ainda a violência doméstica na pandemia. “Os homens não ficaram mais agressivos na pandemia, mas agora o marido violento fica mais tempo dentro de casa e se revela ainda mais. Por isso precisamos reforçar nosso apoio às mulheres, com mais presença online”, avaliou. Vera ainda salientou que a internet tem um papel crucial pós pandemia, mas é preciso cuidado. “Não podemos falar num país em trabalho de home office, se não temos internet de qualidade e não temos equipamento necessários e que nos dê capacidade de exercer nossas atividades. Os empregadores precisam arcar com essa infraestrutura, para que não sobre para as trabalhadoras, que já estão sobrecarregadas em casa”, completou.

O Espaço Mulher CONTRATUH caminha para se transformar numa referência do setor de Turismo e Hospitalidade, como exemplo de evento online. A diretoria da confederação ainda não agendou a nova data, mas já está confirmada uma nova edição em breve.