MULHERES ENTRAM PRA VALER NA POLÍTICA

Compartilhe:

A participação da mulher nas eleições de 2022 supera os números das últimas três eleições gerais. Em porcentagem o quadro deste ano também é maior comparando-se a 2018 e com 2014. Os registros são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Veja:

Número de mulheres candidatas:
2014 – 8.139
2018 – 9.221
2022 – 9.353
A participação das mulheres, pencentualmente, também é superior:

2014 – 30,99%
2018 – 31,6%
2022 – 33,27%

O quadro de segmentos raciais também é interesssante:

Indígenas
Comparado com 2018, o percentual cresceu 67,35%, passando de 49 para 82. No cotejo com 2014 quase tripolicou: a alta é de 182,76% (foram 29 naquele ano).

Negras
O número de candidatas da raça negra cresceu no confronto a 2018 e a 2014, ano em que a autodeclaração racial foi instituída.

Candidatas que se autodeclararam pretas:

2014: 835
2018: 1.238
2022: 1.696

Nesta eleição, 18,13% das candidaturas femininas serão de mulheres autodeclaradas pretas e 0,88%, de mulheres autodeclaradas indígenas.

Todos os números
No total, as eleições de 2022 têm 28.288 candidaturas concorrendo. Ou seja: 7,71% maior do que 2014, mas 3,06% menor do que o de 2018.